ESCADAS: COMO DAR O DEVIDO VALOR A ELAS?

Você já parou para pensar na escada da sua casa? Na importância que ela tem e também o fato dela não passar despercebida. Isso faz com que esse elemento construtivo seja um ícone do projeto arquitetônico e da decoração. Então que tal fazê-la realmente assumir esse papel? O que eu quero dizer é que, já que ela tem que estar lá, vamos torná-la parte da casa. Eu vou te mostrar muitas inspirações para os diversos gostos, com os mais variados materiais.

Vou apresentar as escadas de acordo com o formato e os degraus, mas antes na imagem abaixo, conheça todos os elementos que compõem uma escada.

Imagem 01: esquema ilustrando todos os componentes de uma escada.

Quanto ao formato, temos:

Escada em U: é um modelo que segue uma linha reta, e em outro patamar muda de direção, quando vista de cima, seu formato lembra a letra U. Esse tipo de escada pode ser projetado no meio da casa para dividir dois ambientes ou encostada em uma parede. Trata-se de um modelo compacto, embora seja um dos que mais ocupam espaço na casa. A vantagem é que o espaço sob ela pode ser aproveitado de diversas formas.

Imagem 02: escada com piso de madeira e estrutura metálica.

Imagem 03: escada em madeira com design diferenciado, colocando a escada como o elemento de maior destaque do ambiente.

Escada em L: segue o formato da letra L quando vista de cima, formando um ângulo de 90° ao mudar a direção. Esse modelo ocupar um espaço menor em sua implantação e pode ser uma boa opção para ambientes pequenos. Normalmente a escada L é projetada encostada na parede, mas isso não é uma regra.

Imagem 04: escada em L com estrutura mista, sendo o inicio em madeira com degraus comuns e no segundo lanço vazada e metálica.

Imagem 05: escada em L, toda em revestimento branco, com guarda-corpo de vidro e estilo cascata.

Escada reta: é o modelo mais tradicional e simples de executar. Esse tipo é planejado em uma linha reta e não possui curvas, nem viradas. Ela pode possuir patamares ao longo da subida, mas isso depende do espaço disponível. Ela é indicada para ambientes pequenos que dispõem de uma parede comprida na horizontal, já que apesar de ser pouco volumosa, é bastante comprida. O espaço abaixo dos degraus também pode ser aproveitado.

Imagem 06: escada reta sem patamar, com piso de madeira, estrutura metálica sustentada por cabos.

Imagem 07: escada formada por peça única.

Escada helicoidal, caracol ou espiral: é um modelo que possui um eixo no meio de onde saem os degraus, fazendo o formato de caracol. Trata-se de um modelo ideal para quem dispõe de um ambiente bem pequeno, já que o modelo necessita de pouco espaço para instalação. Ela apresenta algumas desvantagens quanto a segurança, já que seus degraus são menores próximos ao eixo, não permitindo o apoio do pé inteiro. Além disso, o transporte de móveis e itens grandes é dificultado, principalmente se o buraco na laje for reduzido.

Imagem 08: escada caracol com design discreto feita de madeira e metal.

Imagem 09: escada caracol em madeira maciça e quase como uma escultura no ambiente.

Escada circular: esse modelo apresenta curvas suaves, sem necessidade de acompanhar um eixo central como no caso da helicoidal. As curvas criam um estilo sofisticado ao lar, sendo bastante usado em projetos modernos e imponentes com linhas orgânicas. Por ter curvas leves, acaba ocupando um espaço bem maior, sendo, portanto, indicada para casas espaçosas.

Imagem 10: Escada feita como uma peça unica que liga a um mezanino.

Imagem 11: escada circular com alto padrão de materiais.

As escadas também podem ser classificadas de acordo com os tipos de degraus:

Escada comum: é a mais tradicional e comum por ser mais fácil de construir. Mas isso não necessariamente a faz menos bonita que as outras, pois existem muitos recursos que podem ser utilizados para dar um toque especial: iluminação com balizadores ou LED e revestimentos diferenciados.

Imagem 12: escada com piso de madeira e espelho com revestimento geométrico.

Imagem 13: escada em madeira e iluminação embutida de LED.

Escada Vazada: este tipo de degrau não possui espelhos, ou seja, só possui o pisante. Esse pode ser um ponto negativo para casas com crianças, pois pode causar acidentes. Normalmente os degraus são fixados na parede ou no próprio corrimão/guarda-corpo.

Imagem 14: escada vazada em cascata, de madeira e metal.

Imagem 15: escada em U e vazada com aproveitamento do espaço sob ela.

Escada Flutuante: é um modelo moderno para sua casa. Ele não tem espelhos nem vigas, pois são fixados diretamente na parede, através de uma estrutura embutida nela. Para manter a ideia flutuante do degrau, a melhor aposta é usar um corrimão de vidro, ou até sem corrimão para dar foco aos degraus, porém neste caso a escada oferece grande perigo.

Imagem 16: escada flutuante com uso de materiais mais robustos e rústicos na parede e no piso e guarda-corpo leve de vidro.

Imagem 17: escada flutuante leve, com uso de materiais delgados.

Escada com viga central: esse tipo de escada costuma ser no modelo vazado e a sustentação é dada através de uma única viga central abaixo dos degraus que dá apoio a toda a escada.

Imagem 18: escada toda de madeira, em U e sustentada por uma viga central.

Imagem 19: escada com elementos delgados e super discreta.

Escada cascata: é quando os recortes dos degraus formam um ziguezague. Essa é uma aposta clean e moderna, a minha preferida!

Imagem 20: escada cascata dando movimento ao ambiente de linhas retas.

Imagem 21: escada cascata em aço corten.

Escada Santos Dumont: esse modelo leva o nome de quem acredita-se que foi o criador deste tipo de degrau. Seus degraus não são retos e nem possuem pisantes iguais, já que cada degrau é cortado para uma direção, esquerda e direita. Começar com o pé esquerdo a subir nessa escada pode dar azar de verdade! Ela é mais usada como solução para espaços pequenininhos em que o dono não quer usar o modelo retrátil.

Imagem 22: escada Santos Dumont que liga ao mezanino.

Imagem 22: escada Santos Dumont toda em madeira com design particular.

Gostou, quer ver mais? Acesse aqui e nos acompanhe no Pinterest que está cheio de inspirações para voce!

FOLLOW US
  • Instagram Social Icon
  • Black Pinterest Icon
  • Black Facebook Icon
 TAGS
DESTAQUES
ARQUIVOS
Studio Mira
  • Instagram - cinza Círculo
  • Pinterest - Grey Circle
  • Facebook - Grey Circle

Jundiaí - SP

studiomira.arq@gmail.com 

11 - 95080 2942

© 2017 Studio Mira Arquitetura e Design