PENDENTES: COMO E ONDE USAR!

As luminárias pendentes sempre trouxeram um charme a mais para qualquer decoração. Porém sempre tem alguma dúvida em como ou onde usá-lo, e é por isso que eu estou aqui hoje para te ajudar um pouquinho nessa questão.

Imagem 01: pendente geométrico em bronze, tendência na decoração.

No mercado existe uma grande variedade de estilos para todos os ambientes pois são versáteis e com altura ajustável. O pendente deve seguir o mesmo estilo do restante da decoração, por isso deve-se pensar no projeto como um todo e ver se a luminária estará em harmonia com o que já tem. Ele normalmente é um elemento de destaque, mas tem que tomar cuidado para que não exagerar e ficar desproporcional aos outros elementos.

Sobre as questões técnicas a serem levadas em conta estão:

Iluminação: o pendente serve para complementar a iluminação, não prejudicá-la. No caso de uma sala de jantar, por exemplo, o tamanho da mesa vai determinar se há a necessidade de mais de um pendente sobre ela ou então de uma iluminação auxiliar para que tenha a quantidade necessária de luz para as atividades naquele ponto.

Altura: interfere na quantidade de luz que se deseja para aquele espaço e também nas atividades realizadas. Dessa forma, o pendente não deve ficar muito baixo, para não prejudicar a passagem dos usuários e nem tão alto que não ilumine o suficiente. Os fios que suspendem os pendentes costumam ser reguláveis, mas não devem ser deixados com menos de 20cm de extensão para não perder o efeito. Quando colocada sob uma mesa ou bancada, a luminária deve ficar entre 70cm e 1 metro de distância para não ofuscar nem bloquear a visão. Se estiver no centro de um ambiente ou na passagem, a altura mínima é de 2 metros, para não atrapalhar a passagem. Sobre as mesas de cabeceira, ao lado da cama, os pendentes devem ficar mais baixos, a cerca de 40 ou 50cm do móvel.

Imagem 02: infográfico sobre altura e tamanho ideal dos pendentes para cada ambiente.

Tamanho: na hora de escolher é preciso ter cuidado com sua dimensão, ele não deve ser maior que o móvel de destaque.

Luz e sombra: as sombras podem ser aliadas ou inimigas da decoração. Se elas se projetarem de forma equivocada nas paredes e nos móveis, vai deixar o ambiente poluído. Além disso, é preciso atenção especial com o reflexo que a iluminação vai ter em móveis de vidro ou espelhados, nesse caso opte por um modelo com difusor.

Tudo certo até agora? Então vamos ver alguns exemplos de onde usar?

Sala de estar: fica bem no canto, sobre a mesa lateral, pois no meio pode ser um obstáculo caso tenha TV. Vale abusar das cores, formatos e composições, mas é claro, sem brigar com a decoração.

Imagem 03: composição de pendentes sobre mesa de centro.

Imagem 04: lustre de pendentes vermelhos sobre mesa de canto da sala de estar. Destaca-se na decoração mas está em harmonia com os outros elementos.

Imagem 05: pendentes em perfeita combinação de estilo e cores com a sala de estar.

Sala de jantar: em cima da mesa, sempre respeitando a altura ideal e o tamanho da mesa.

Imagem 06: pendente com difusor sobre mesa de jantar pequena e redonda.

Imagem 07: composição de pendentes de diversos tamanhos e formatos sobre grande mesa de jantar.

Imagem 08: pendentes com difusor e em ambiente de pé direito duplo.

Bancada da cozinha: normalmente onde tem a cozinha americana, com banquetas altas para as refeições do dia-a-dia.

Imagem 09: pendentes redondos e na cor rosé metálico sobre bancada branca, que da destaque para eles.

Imagem 10: pendentes cromados sobre bancada de mármore iluminada.

Imagem 11: pendentes com difusor no formato cônico, acompanhando as cores do ambiente.

Escritório: usados como iluminação de destaque.

Imagem 12: composição de pendentes em diferentes alturas que criam um efeito único de iluminação.

Imagem 13: um pendente de cada lado com iluminação de foco para a área de trabalho.

Quarto: instalados sobre o criado-mudo, substituindo a função do abajur.

Imagem 14: pendentes sobre criado-mudo, em diferentes alturas e seguindo os tons do quarto.

Imagem 15: pendente com difusor acompanhando a cor bronze da mesa lateral a cama.

Imagem 16: pendente compondo a decoração industrial do quarto.

Imagem 17: pendente discreto e vertical, seguindo as linhas minimalistas do quarto.

Banheiros e lavabos: normalmente buscamos uma iluminação aconchegante para esses ambientes, e os pendentes desenvolvem bem essa função.

Imagem 18: pendentes no mesmo estilo, porém de formatos diferentes compõem a decoração do lavabo.

Imagem 19: pendentes redondos de vidro branco contrastam com as linhas retas dos elementos do lavabo.

Já escolheu o seu? Ainda não? Então clica aqui e veja mais inspirações que separamos para você!

FOLLOW US
  • Instagram Social Icon
  • Black Pinterest Icon
  • Black Facebook Icon
 TAGS
DESTAQUES
ARQUIVOS
Studio Mira
  • Instagram - cinza Círculo
  • Pinterest - Grey Circle
  • Facebook - Grey Circle

Jundiaí - SP

studiomira.arq@gmail.com 

11 - 95080 2942

© 2017 Studio Mira Arquitetura e Design