WABI SABI: O VALOR DO IMPERFEITO

February 11, 2019

 

“Existe uma rachadura em tudo. É assim que a luz consegue entrar”
Leonard Cohen

 

 

 

A aceitação de algo imperfeito para a maioria não é fácil, afinal somos cobrados diariamente para a perfeição em tudo que fazemos. Imagine que contraditório uma visão de mundo que valorize o imperfeito, o impermanente e o incompleto?

 

 

No século XV, no Japão, foi desenvolvida essa filosofia com base nos ideais do zen budismo, onde wabi, significa quietude e sabi simplicidade e é através dela que conseguimos desapegar dos valores distorcidos pelo dia a dia acelerado, competitivo e consumista que vivemos e então alcançar o vazio da mente que traz a tranquilidade.

 

 

O wabi sabi, por ser uma filosofia, tem a sua essência desde a espiritualidade até as questões comportamentais, hábitos de vida e a estética. Aqui vou mostrar um pouquinho sobre como trazer essa atmosfera minimalista para a sua casa.

 

1. Minimalismo: o foco são as pessoas que vivem no espaço, mais do que qualquer objeto.

 

Paredes com acabamento natural, pendentes com bordas irregulares, madeira rústica e somente o essencial para compor o ambiente.

 

 

 

2. Materiais naturais e rústicos: que trazem a simplicidade e inspiram a paleta de cores característica como, tons terrosos, cinza, branco e verdes, assim como as texturas da madeira, cimento e fibras naturais.

 

Paredes e piso com aspecto de inacabado e banheira de pedra esculpida que valoriza o artesanal.

Pedra, madeira e tons terrosos. 

 

3. Autenticidade: através do uso de materiais e objetos artesanais que prezem pela forma natural e orgânica que tenha uma beleza única com as suas irregularidades e falhas.

 

 

Além da própria autenticidade, a sua casa não precisa ser um showroom o tempo todo.

 

4. Marcas do tempo: carregam histórias e fazem daquele objeto ou material, algo único. O desgaste e a oxidação revelam novas camadas de cores e texturas.

 Móvel vintage e portas de madeira com marcas de desgaste. 

Apartamento da atriz Bruna Linzmeyer com poltrona que preserva as marcas do tempo e as histórias.

 

Dicas para já começar a adotar o wabi-sabi como parte da sua filosofia de vida:

 

Cerâmica artesanal: traz imperfeições únicas que deixam o ambiente exclusivo e encantador.

 

Números ímpares: deixe a simetria de lado e aposte nos acessórios com quantidades impares como as cadeiras da sua mesa de jantar.

 

 

Lençóis com toque macio e enrugado que deixam a cama com aparência desfeita.

 

 

Para quem quer saber um pouco mais sobre a filosofia wabi-sabi, sugiro a matéria desse site que também traz indicações de livros e demais conteúdos sobre o assunto.

Ainda não acabou! Para ver mais inspirações acesse a pasta do Studio Mira no Pinterest que  tem muitooooo mais. Clique aqui e confira! 

*todas as imagens foram buscadas pelo Pinterest e suas fontes podem ser encontradas diretamente no link acima. 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

FOLLOW US
  • Instagram Social Icon
  • Black Pinterest Icon
  • Black Facebook Icon
 TAGS
DESTAQUES